Extrato Padronizado

0

Em geral, extratos de ervas de alta qualidade e extratos padronizados são usados ​​em testes de especiarias, porque as fixações dinâmicas podem ser observadas quanto à consistência, embora os pós de especiarias comuns possam mudar.
As condições de cultivo, colheita, processamento e armazenamento da planta de origem podem afetar a quantidade de fitoquímicos em extratos botânicos padronizados. Por exemplo, a quantidade de óleo volátil extraído das pétalas de rosa varia significativamente dependendo de quando são colhidas. Se você deseja um extrato de ervas que sempre contenha a mesma quantidade de um determinado fitoquímico, faça um ensaio no composto e ajuste a concentração usando métodos especiais para um nível predeterminado. Referimo-nos a toda a interação como "normalização" e o concentrado subsequente como "extricação normalizada". Como você pode ver, a padronização custa mais, mas oferece um produto melhor.
Pode-se dizer que a padronização tem vários efeitos. Plantas e concentrados cultivados em casa podem ter vários fitoquímicos com impactos farmacológicos muito diversos no corpo humano. Podemos separar os fitoquímicos benéficos daqueles que não nos interessam através do processo de extração.
Além disso, faz sentido extrair a erva em vez de consumir suas partes ineficazes e facilita a apresentação e o uso. Concentração não é a mesma coisa que padronização. O principal objetivo da padronização é garantir que os consumidores consumam a mesma quantidade de ativos a cada vez que usam o produto. Isso não é algo que extrações não padronizadas podem fornecer.
A utilização de extratos padronizados proporciona aos consumidores uma vantagem significativa, desde que sejam conhecidos os fitoquímicos contidos no extrato e responsáveis ​​pelo benefício esperado. Sempre que possível, os consumidores devem sempre preferir suplementos alimentares que contenham extratos padronizados.

27